sábado, 9 de março de 2013

A Graça e a Lei, o Eterno conflito !

Há um grande conflito entre as denominações cristãs sobre a questão da graça e da lei. Vou tentar explicar de uma forma resumida essa questão.

A palavra Lei, em hebraico, é Torá! A Torá não é exatamente lei, apesar de conter mandamentos, mas uma definição melhor de Torá seria Instrução. Deus nos deixou , tipo, vamos dizer, um manual de intrução do ser humano, para o ser humano viver bem e melhor. A Torá foi dada aos judeus e faz parte de uma aliança entre Deus e seu povo. A Torá nunca foi imposta ou obrigatória ao gentio. Um gentio pode seguir os mandamentos da Torá se quiser, mas não é obrigado, pois não faz parte da primeira aliança.

A Torá não garante a salvação e segui-la nunca significou ser salvo ou se tornar judeu. Vou dar um exemplo. Na Torá é proibido comer carne de porco. Se você comer ou não comer carne de porco, não significa que você irá para o céu ou para o inferno, pois a salvação depende de sua fé, não de mandamentos. Mas se você comer, pode afetar sua saúde, pois é uma carne remosa e dependendo de onde comer, pode contrair diversas bactérias. Este foi o propósito deste mandamento. Cada mandamento tem um propósito e sempre para o bem do homem.

A isso nós chamamos de "Causa e efeito" Ou seja, as leis que regem o universso, criadas por Deus são simples. Você colhe o que você planta. E a Torá/Lei é apenas uma orientação. Quem quiser seguir os bons preceitos, siga e viverá bem e melhor. Quem não quiser, não siga e arque com as consequências. Por exemplo: A Torá diz: "Não matarás" Se eu matar alguém, eu vou ser julgado, condenado e preso pelo meu crime. É simples! É como um código penal divino. Se você a lei criminal você é detido. Se você viola a lei divina você cometeu um pecado. Aliás, pecado significa literalmente transgressão da lei. É anomia em Grego.

Os cristãos dizem que Jesus aboliu a lei, mesmo ele tendo dito que não veio para abolir a lei!





"Não cuideis que vim destruir a lei ou os profetas: não vim ab-rogar, mas cumprir.Porque em verdade vos digo que, até que o céu e a terra passem, nem um jota ou um til se omitirá da lei, sem que tudo seja cumprido.Qualquer, pois, que violar um destes mandamentos, por menor que seja, e assim ensinar aos homens, será chamado o menor no reino dos céus; aquele, porém, que os cumprir e ensinar será chamado grande no reino dos céus." Mt 5, 17-19
 
O que acontece, é que paulo, um judeu do primeiro século, fazia o mesmo que um judeu faz hoje, ele não impunha a lei aos gentios, pois o judaísmo não faz proselitismo. Jamais um judeu vai querer impòr a sua lei aos gentios, pois os gentios nunca foram obrigados a seguirem a lei. Vejam por exemplo, Ciro, Rei da Pérsia, que foi chamado por Deus de ungido (messias) e nunca foi obrigado a cumprir a lei. Por que a lei nunca foi obrigatória ao gentio.


"ASSIM diz o SENHOR ao seu ungido, a Ciro, a quem tomo pela mão direita, para abater as nações diante de sua face, e descingir os lombos dos reis, para abrir diante dele as portas, e as portas não se fecharão." (Isaías 45 : 1)


Então Paulo, combatia os judeus que queriam impôr o cumprimento da lei aos gentios convertidos, mas Paulo não concordava porque eles eram gentios. Por isso suas epístolas algumas vezes parecem contraditórias. A lei na verdade nunca foi abolida, sempre esteve em vigor. Pois é acima de tudo um código moral e ético. Não tem nada de errado em não matar, não roubar, não mentir etc.... É até um dever de cada ser humano! Não sei porque os cristãos tem tanta averssão a lei. E ironicamente seguem o dizimo, que é um preceito da lei.
 


 "E, pondo-se a caminho, correu para ele um homem, o qual se ajoelhou diante dele, e lhe perguntou: Bom Mestre, que farei para herdar a vida eterna?E Jesus lhe disse: Por que me chamas bom? Ninguém há bom senão um, que é Deus.Tu sabes os mandamentos: Não adulterarás; não matarás; não furtarás; não dirás falso testemunho; não defraudarás alguém; honra a teu pai e a tua mãe" Mc 10, 17-19


Nem todas as leis podem ser seguidas, pois muitas leis giravam em torno do templo, que não existem mais. Algumas são exclusivas da aliança com os judeus e não devem ser seguidas pelos gentios, como a circuncisão por exemplo. Algumas eram exclusivas para os sacerdotes e não para os seculares ou a população civil em geral. Algumas era exclusivas para homens e outras para mulheres. E assim por diante. Por isso não podemos dizer que a lei foi abolida, mas também não podemos impôr toda a lei a todos, pois deve haver um dicernimento acerca de cada lei, para quem foi criada, porque foi criada e por quem devem ser praticada. Cada lei tem um propósito exclusivo!

Finalizando, a Torá é um manual das leis que regem o universo. Causa e efeito. Se vc plantar o bem vai colher o bem e vice e versa! Você gentio não é obrigado a seguir, mas é ascessivel a você todo codigo moral ético!

 
Ronaldo Gomes
Shalom!

2 comentários:

  1. AMADO RONALDO,EU GOSTARIA DE TER MAIS CONTATO CONTIGO PARA NOS CONVERSARMOS SOBRE AS ESCRITURAS,GOSTEI DE PELO MENOS DOIS VIDEOS SEUS.E GOSTARIA QUE VC COLOCASSE O MEU BLOG,COMO PARACEIRO SEU.OS LINKS ESTAO ABAIXO,SHALOM!!!.

    TEMOS,1 SITE DESTINADO A CULTURA GERAL, um outro site destinado a assuntos teológicos E UM OUTRO SITE DESTINADO A ENTRETENIMENTO CRISTÃO(DESENHOS BÍBLICOS,FILMES EVANGÉLICOS,JOGOS ETC.. Temos 3 sites e 1 blog!!!!!!!!!.ACESSEM,DIGITE PROF.MARCIO DE MEDEIROS no GOOGLE.
    http://profmarciodemedeiros.blogspot.com/
    https://sites.google.com/
    http://www.prof-marcio-de-medeiros.webnode.com/
    http://profmarcio.ucoz.com/

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...