quinta-feira, 30 de abril de 2015

Ateísmo fundamentalista, a nova religião

Ateísmo fundamentalista, a nova religião

Desde que comecei com meu blog, sempre tentei transmitir conteúdo teológico respeitando as crenças (ou não) das pessoas. Como agnóstico eu entendo que nós vivemos num país livre e laico, e a luta da Atea, inclusive, é contra a intolerância. Ateus e agnósticos lutam por um estado livre onde cada um possa professar ou não uma fé.

Mas infelizmente, todos sabem tive muito problemas com intolerantes religiosos e ultimamente tenho tido com intolerantes ateus. Por incrível que pareça!

Há alguns anos, eu havia excluido a amizade virtual com um ateu no facebook. Porque tudo que eu postava em minha linha do tempo, seja relativo a religião ou não ele vinha comentar que Deus não existe, que era uma lenda e coisa e tal. poxa, eu sempre respeitei o fato dele ser ateu, mas ele estranhamente não respeitava o fato de eu não ser.

Fundamentalismo ou fanátismo inclusive é isto, a pessoa é um a coisa e quer que todo mundo seja também e não consegue respeitar as diferenças. Tem fanático por time de futebol, fanático gay, fanático homofóbico , fanático religioso e ateu inclusive.

Eu trabalhei há muitos anos com um casal de lésbicas que eram minhas superiores que elas por serem lésbicas achavam que o mundo todo era gay e quem não era seria. E ai de quem discordasse. Elas diziam: "Você conhece ele? Sabe da vida pessoal dele? Então não fica falando merda que aquele kara deve mais gay que eu". Isso é fanátismo, intolerancia, a incapacidade de respeitar as diferenças que existem em uma sociedade.

E esse colega do meu face, eu postei uma vez uma situação do meu trabalho e comentei: "Graças à Deus consegui resolver o problema" eu estava falando exclusivamente do meu trabalho.Não tinha absolutamente nada a ver com religião ou crença. Mas o simples fato de eu ter posto a expressão "graças à Deus" já foi o suficiente para ele comentar: "Tirando o fato de que Deus não existe o resto eu concordo", e isso me irritou e iniciamos uma discussão que culminou com o fim da nossa amizade. Eu disse para ele: "Para kara, isso é fanátismo, funda logo a igreja do ateísmo e sai pregando de porta em porta a palavra de Darwin, como os testemunhas de Jeová". "Coincidentemente" o porta dos fundos fez um vídeo assim meses atrás. rs Depois de um tempo fizemos as pazes!

Agora raciocinem comigo. A atea prega que crenças e dogmas devem ser combatidos para se evitar guerras, brigas e discórdias e que crenças não devem ser motivos para discórdias, e um ateu termina uma amizade com um "crente" (não evangélico) por que ele acredita em um Deus e utiliza a expressão "graças à Deus"! Qual é a lógica disso? Podiamos ser amigos, conversar sobre política, futebol, música etc.... Mas se eu não tiver a mesma não crença dele não da! Não é semelhante a religiosos fanáticos que não conseguem sequer conviver socialmente com pessoas de crenças diferentes?
Quem critica isso pode fazer o mesmo?

Mas isso não foi o pior, o pior foram dois casos que me aconteceram recentemnete.

Como eu havia sofrido N ataques de intolerantes religiosos, eu decidi pausar um pouco meus estudos religiosos, porque religião sempre gera isso e estressa. Voltei a me dedicar a música que eu gosto, e voltei a fazer e divulgar minhas composições caseiras, que eu fazia desde o tempo em que eu colhia café no interior, na região de Garça e Marília.

Primeiro tive novamente a intolerancia de religiosos por causa de uma música católica que havia feito há muitos anos. Como se isso fosse algum crime ou proibido.

Sempre disse que vivemos num país livre e num estado laico. Se eu quiser ser católico, espirita, macumbeiro, ateu, budista, satanista, o que for, eu posso. O Páis é livre, a vida é minha e ninguém tem nada a ver com isso! Ninguém me sustenta ou sequer colabora com meus estudos! Pela lei o que eu não posso é invadir o espaço dos outros e tentar impôr minhas idéias ou impedir que os outros tenham as suas. Mas no meu espaço eu sou livre.

Depois, eu entrei em uma comunidade do google+ chamada, não sei se é isso mesmo mas acho que era "Aparecida sertaneja". Era um comunidade de um grupo de pessoas que gostam de sertanejo, mas um público católico. Então eu decidi compartilhar nessa comunidade um vídeo meu do youtube, de ma música sertaneja chamada "Saudade sertaneja", que na época estava subindo, tendo muitas visitas e pensei que o pessoal iria gostar. Legal!

Primeiro tive alguns likes no vídeo e comentários bons. De repente, do nada, chega um ateu, que nem sei o que estava fazendo naquela comunidade, e comenta: "Deus não existe, é uma invenção humana". Como eu estranhei o comentário, eu respondi: "Relaxa kara, esse vídeo é sertanejo, não é de religião". Nisso o kara respondeu: "Mas essa comunidade é e se você esta postando aqui é porque é cristão e ....." Nisso começou uma discussão. Como se não bastasse, o camarada ainda negativou meu vídeo e pediu aos amigos ateus dele para fazerem o mesmo. resultado? O vídeo estagnou!



E o vídeo, como vocês pode ver, não tem absolutamente nada, NADA A VER COM RELIGIÃO!
Depois eu fui ver o perfil deste kara no google, até porque depois de tantos casos de intolerância eu fui orientado printar, salvar código fonte etc... de pessoas que propagam intolerância na rede. Sou até amigo e parceiro hoje da delegacia de crimes virtuais porc ausa, disso. E quando fui ver o eprfil do camarada ele fica na rede comentando nos vídeos de cristãos que fazem cagadas e diz: "Ta vendo, religião é uma doença! Religiosos são fanáticos". O mesmo kara que me xingou e negativou meu vídeo até estagnar, mesmo meu vídeo não tendo PORRA NENHUMA A VER COM CRENÇAS. É uma musica sertaneja, SERTANEJA!

Ai eu criei um outro canal, só para postar além de músicas, vídeos e coisas relativas ao mundo sertanejo. Opinião, piadas, causos, animais etc..... Já que eu sou pobre, e não recebo colaborações eu criei esse canal para chamar a galerinha sertaneja e me socializar, afinal, para isso serve uma rede social. Fazer parcerias, um ajudar o outro etc....

Criei uma lista de reprodução onde posto causos caipiras e histórias reflexivas que conheço desde a época em que vivia na roça. E decidi contar uma história que tenho aqui neste blog inclusive, o bebe cristão e o ateu.

Esta história é uma analogia que serve para tudo, pois depende da interpretação da pessoa. Relata a história de dois bebes num ventre sendo um cético e o outro crente de que há um mundo exterior. Podemos analogar isso a um mundo espiritual, ao reino dos céus, a vida em outros planetas ou que for. Eu já cheguei a analogar esta história a depressão onde a pessoa vive presa num mundo isolado e não consegue perceber a vida exterior.

Ma sai um ateu chegou a este vídeo por acaso, comentou negativamente e negativou o vídeo. Normal. Mas ai começaram a vir os amigos deste ateu a fazerem o mesmo. Comentaram ofensivamente e negativaram o vídeo. O primeiro a ser hostil inclusive comentou duas vezes e foi quem chamou a galerinha "racional" que não possui crença para negativar o vídeo. Estranhamente ele se sentiu ofendido com o vídeo só porque um dos bebes da analogia eu chamei de ateu. Ué, pessoas que não tem crenças se ofendem quando são criticadas em suas não crenças?

Obvio que começou uma discussão, e devido a discussão e o tanto que negativaram o vídeo acabei deixando o mesmo privado, pois já estagnou.

Este ateu ainda argumentou que estava usando sua liberdade de expressão. o mesmo atue que se um religioso dissesse o mesmo em um vídeo dele ele diria: "Isso é intolerância"

Perceberam a hipocrisia? Quando é um religioso que ofende é intolerancia, quando é um ateu é liberdade de expressão. Fazem o mesmo que eles passam o dia todo criticando.

Nietzchie dizia que quem caça muito monstros pode acabar se tornando um. E ele ara um ateu! Vemos isso nos intolerantes que adoram acusar os outros de crimes e comentem os mesmos crimes e essa não é a luta da Atea. Por exemplo, evangélicos adoram acusar a igreja católica de crimes de inquisição mas invandem terreiros e atacam igrejas fazendo o mesmo que eles tanto criticam.

O doutor Bezerra de Menezes era espirita e depois
dizem que os que tem crenças é que são intolerantes!
Os maiores pensadores ateus e agnósticos sempre tentaram transmitir conhecimento com educação, argumentação, lógica e até humor. Todos eles conviveram com pessoas religiosas. Porque um ateu prega que ele tolera o religioso e o religioso não o tolera. Mas hoje no Brasil devido a inclusão digital esta surgindo uma leva de pseudo-ateus que não conhecem um pensador ateu sequer e agem pior que os religiosos que eles tantos criticam.

É o ateísmo socialista onde o estado não pode ser laico, mas tem que ser ateu ao extremo.

Os próprios membros da Atea postaram uma vez uma imagem mostrando os três estados e dizendo que eles defendem o estado laico e não o estado comunista onde o estado é a religião e a adoração à Deus proibida. Os ateus tentam pregar sua não crença em Deus usando a lógica, argumentos racionais, e intelectuais não agressões.

E o mais engraçado nessa história é que neste canal meu foco é música  e não religião ou teologia, mas ai de mim se eu postar alguma mensagem ou história que envolva a palavra Deus, é proibido!

Daqui a pouco vou ter que fazer que nem o Fábio sabino e postar um vídeo dando uns tiros rss Fora que a internet é cheia desses covardes que formam grupos porque não são homens suficientes para serem sózinhos e atrás de um computador é todo mundo valente!

Depois se a gente processa um camarada destes ou faz alguma maldade, ai os religiosos vão dizer que é o diabo e que estão sendo perseguidos. Os ateus vão dizer que o direito deles a liberdade de expressão esta sendo negado, eles não estão podendo exercer o direito deles de irem nos canais alheios ofender, coitadinhos!.

Durante a discussão eu comentei com um mais educado que estava converssando, eu perguntei: "O que vocês ganham negativando meu vídeo?" Por que se alguém me preguntar, o que eu, como agnóstico ganho transmitindo valores espirituais, nem que seja com o adesnse eu ganho. Agora o que um grupo de ateus ganha me prejudicando? Alguém vai pagar alguma pra eles por isso?

Hipocritamente, o ateísmo prega que suas crenças não fazem de você uma pessoa melhor, suas atitudes fazem. E eu concordo, já até compartilhei isto na minha página. Agora, prejudicar o próximo gratuitamente só por uma questão de crença é uma atitude qe torna alguém melhor?

Mandei até um email para um dos cabeças da Atea perguntando o que eles estão ensinando. As pessoas a se tornarem intolerantes ateus? É uma nova religião? vai haver uma cruzada ateia? Ou é exatamente o oposto que a ATEA sempre prega e defendeu?

Lamento ver na sociedade virtual que estamos vivendo hoje tem explodido focos de itolerancias de todas as partes, inclusive dos que sempre foram contra intolerancia. Por isso que hoje até um vídeo que eu posto eu tenho que medir as palavras, porque se eu disser alguma expressão que contenha a palavra Deus posso começar uma guerra rs

Em vez da pessoa curtir a vida, namorar, pegar uma mulher, ir num cimena, fica o dia todo na rede prejudicando os outros por crenças! PQP

Eu, que sempre trabalhei com o público, principalmente comércio, sempre aprendi a respeitar as diferenças, porque não existe uma verdade absoluta, nem no Ateísmo nem no Teísmo. Nossa vida é curta e limitada neste pálido ponto azul no sertão do sistema solar. Ninguém o que pode ter la fora. Pode tanto ter um Deus como pode não ter. Por isso sou agnóstico. Não vale a pena brigar por coisas que desconhecemos completamente, é ridículo isso! Por isso que a definição de agnóstico é quele que não pode provar nem negar que existe um Deus!  Mas enquanto estivermos neste pontinho, temos que saber respeitar os que acreditam e não acreditam e acima de tudo, jamais prejudicar o próximo, independente de crença, orientação sexual, raça, cor ou o que quer que seja. Bom deixa pra la, enquanto alguns perdem tempo com isso eu perco meu tempo vivendo em paz minha vida, trabalhando e sendo feliz e em paz com a minha consciência (meu Deus) de que não prejudiquei ninguém!

Paz à todos, fiquem com D....ops, fiquem na... ah, só fiquem!

Ronaldo

Um comentário:

  1. Isso é lamentável! Esses neo-ateus são tão intolerantes (ou pior) do que os fanáticos religiosos. E o que é pior, se travestem de intelectuais civilizados. Só discordo de você com relação à ATEA. Esse grupo é extremamente intolerante, ofensivo e desrespeitoso.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...